Ginásio do Complexo Esportivo Dell’Antonia ganha nome de Lais Elena

ÉPICO – Izabela converte cesta de três a 0.2 segundo do fim da prorrogação e classifica o Santo André/Apaba/ Caoa Chery às semifinais
10 de julho de 2019
Exibir tudo

Ginásio do Complexo Esportivo Dell’Antonia ganha nome de Lais Elena

Secretária adjunta de Esporte Laís Elena morreu neste ano aos 76 anos. Foto: Divulgação/PSA-Alex Cavanha

Ex-treinadora, falecida neste ano, é homenageada na casa aonde ganhou diversos títulos e desenvolveu grandes talentos

Secretária adjunta de Esporte Laís Elena morreu neste ano aos 76 anos. Foto: Divulgação/PSA-Alex Cavanha

 

De forma mais que merecida, a ex-jogadora e treinadora do basquete feminino de Santo André, Lais Elena Aranha da Silva, terá uma bela homenagem registrada na história da cidade. O prefeito Paulo Serra sancionou projeto de lei da Prefeitura que dá o nome da ex-atleta ao ginásio principal do Complexo Esportivo Pedro Dell’Antonia, localizado na Vila América.

Lais Elena, que trabalhou com a modalidade por mais de 50 anos na cidade, faleceu no último dia 12 de março, após batalhar contra um câncer. Incansável, mesmo tratando da doença, não deixou de se esforçar pelo esporte da cidade, já que era Secretária Adjunta de Esporte e Prática Esportiva.

“Lais Elena não só ganhou títulos e foi uma grande vencedora no basquete. Sobretudo, ela criou meninas para a vida, para serem cidadãs e pessoas melhores. Ela ensinava com as palavras e com as atitudes. Era muito mais que apenas uma jogadora ou treinadora. Esta é uma simples e justa homenagem, simbólica apenas, perto do que representa esta gigante do esporte andreense”, comentou o prefeito Paulo Serra.

Natural de Garça, interior paulista, Laís Elena conquistou cinco títulos sul-americanos, dois pan-americanos e uma medalha de bronze no Mundial de 1971 com a Seleção Brasileira. Como jogadora, fez parte da equipe andreense a partir de 1964, no extinto time da Pirelli. Já em 1977, assumiu como treinadora do time de base de Santo André, e a partir daí não parou mais, até se tornar técnica do time principal e revelar diversos talentos do basquete.

Sob seu comando venceu o Campeonato Brasileiro e o Sul-Americano de 1999, a primeira edição da Liga de Basquete Feminino (LBF), em 2011, Jogos Regionais, Campeonatos Paulistas e tantas outras conquistas.

Fiel escudeira de Lais, a também treinadora, Arilza Coraça, trabalhou por décadas em conjunto e guarda grandes lembranças. A dupla desenvolveu não somente o basquete, mas principalmente o lado social, tirando meninas das ruas para dar uma oportunidade de vida. “É sempre uma emoção muito grande falar da Lais. Este é mais um momento para eternizar tudo que fizemos pelo basquete feminino de Santo André. É muito gratificante e poderemos dizer que os jogos agora serão no ginásio dela, no ginásio Lais Elena. O nome dela, o legado, será eternizado. Fica minha eterna gratidão ao prefeito, a equipe de esportes, aos vereadores, por deixar esta marca em um trabalho de grande companheirismo e respeito que sempre tivemos”, disse Arilza.

O agora ginásio Lais Elena Aranha da Silva continuará recebendo o tão amado basquete de Lais, o vôlei, as lutas, ou tantas outras modalidades, mantendo assim a chama acesa. A nomeação oficial acontecerá na abertura do próximo Jogos Escolares, que este ano completa 50 edições. O evento acontece às 14h30, no dia 26 de agosto.

Gislayne Jacinto -abcdjornal.com.br